JOSÉ ANTONIO DE SOUZA JACOB

JOSÉ ANTONIO DE SOUZA JACOB nasceu em Juiz de Fora/MG, em 11 de fevereiro de 1950, filho de Antônio José Jacob e de D. Heloísa de Souza Jacob. Aposentou-se pela Companhia Telefônica de Minas Gerais em 2005. Mais voltado ao soneto, cuja habilidade já foi sobejamente comprovada.

Meu barracão na favela,
onde vou vivendo ao léu, (5º lugar em Nova Friburgo, em 1981)
na moldura da janela
não tem vidraça: - Tem céu!

Todo sonho é dolorido,
porque nele nós supomos,
que somos (sem termos sido)
o que pensamos que somos.

Fita com fé e coragem
teu rosto diante do espelho,
que o inverso da tua imagem
pode te dar bom conselho.

JOSÉ ANTONIO DE SOUZA JACOB