JOÃO GONZO FILHO

JOÃO GONZO FILHO nasceu no dia 21 de outubro de 1900 em Rio do Peixe/SP, filho de João Gonzo e Petronilha de Carvalho Gonzo. Radicado em Juiz de Fora/MG, aposentou-se pelo Banco de Crédito Real de Minas Gerais. Foi morador da Rua Halfeld, 357, aptº 1001.

Os homens, nesta existência,
são também como as sementes,
que, sendo iguais na aparência,
dão frutos tão diferentes!

Singro esses mares supremos,
buscando paz e bonança.
Meus companheiros, dois remos:
um a Fé, outro a Esperança!

Qual semente em chão de pedra
que o sol castiga, inclemente,
ternura também não medra
em quem não gosta da gente.

Não fosse, mulher, a teia
do seu capricho maldito,
minha vida, hoje tão feia,
teria um fim mais bonito.

Nas doces festas da ermida,
de amarga recordação,
os sonhos de minha vida
foram postos em leilão.

Sonhei com teu rosto lindo,
senti teu corpo ao meu lado.
Em vez de sonhar dormindo,
quero sonhar acordado.

Coração - depositário
dos meus sonhos de menino.
Nesse cofre, solitário,
arquivei o meu destino.

Depois de a fé ser perdida
e tornar-se, alguém, ateu,
não há nada, nesta vida,
que lhe dê o que perdeu.

Qual semente em chão de pedra
que o sol castiga, inclemente,
ternura também não medra
em quem não gosta da gente.

JOÃO GONZO FILHO