ANTONIO CARLOS FURTADO

ANTONIO CARLOS FURTADO faleceu em 2006. Promoveu, por vários anos, concursos de trovas de âmbito nacional em Pirapetinga, cidade próxima a Juiz de Fora, onde o poeta residia. Tinha o hábito peculiar de elaborar o extenso regulamento de concursos que promovia, todo em trovas, conforme exemplo abaixo. Foi um valoroso soldado que tombou lutando, nas trincheiras do idealismo.
A gota d'água salgada
que rolou da minha face
caiu do abismo do nada,
como se eu nunca chorasse.

Este teu rosto risonho
me faz sonhar acordado,
e dormindo, eu também sonho,
sonhos cheios de pecado.

Obrigado, meu Jesus,
pelos meus olhos, Senhor;
pela beleza da luz;
obrigado pelo Amor.

ANTONIO CARLOS FURTADO