ANGELA EVELINE BARRETO MENDONÇA SANTOS

ÂNGELA EVELINE BARRETO MENDONÇA SANTOS nasceu na cidade de Recreio, Estado de Minas Gerais, em 22 de outubro de 1953, mas, já aos dois anos de idade, passou a residir em Juiz de Fora.

Sonetista de largos recursos, destacou-se ainda como trovadora na UBT - União Brasileira de Trovadores - na década de 90, quando conviveu com nomes como Heloisa Zanconato e Tadeu Hagen.

No calor do teu abraço,
meu céu de amor e ternura,
o tempo perde o compasso
e faz eterna a ventura.

Disfarce o pranto e sorria,
seja alegre no caminho.
Quem sorri tem companhia,
quem chora, segue sozinho.

O tempo corre apressado,
sem ligar para quem sente,
colocando no passado
lindos sonhos do presente.

O mistério que há na dor,
num sentido mais profundo,
tem algo do excelso amor
que vai redimir o mundo.

Debalde, ó mar, tu soluças
e gritas as tuas chagas...
Na praia onde te debruças
não há quem entenda as vagas.

ANGELA EVELINE BARRETO MENDONÇA SANTOS