I Concurso de Trovas da Academia Madureirense de Letras/RJ (com as trovas)

Resultado do 1º Concurso de Trovas da Academia Madureirense de Letras – AML

Prêmio Tito de Abreu Fialho 2021 / (10o Concurso Literário da AML)

Âmbito Estadual, categoria Novo Trovador, tema ALGEMAS (l/f)

1º lugar
As algemas também prendem
quem não age qual proscrito.
No amor elas não entendem
que não se forma delito.

Jorge Ribeiro Marques  (Rio de Janeiro, RJ)

2º lugar

Depois de tantos dilemas,
neste novo inusitado,
desprenda-se das algemas,
abraçando o inesperado.

Marina C. de Almeida Carvalhal  (Itaperuna, RJ)

3º lugar

Quem na vida tem amor
por tudo que ela fornece
priva as algemas da dor
pois a tristeza fenece.

Jorge Ribeiro Marques (Rio de Janeiro, RJ)

Âmbito Estadual, categoria Novo Trovador, tema SUSTO (h)

1º lugar

Tão assustado o compadre,
com preços inflacionados,
nem percebe que a comadre
comete tantos "pecados".

Marina C. de Almeida Carvalhal (Itaperuna, RJ)

2º lugar
Com ressaca, maior drama.
meu amigo levou susto
quando desperta na cama
junto a um “homem com busto”

Jorge Ribeiro Marques

.

3º lugar  
Oh, Adão no paraíso...
susto surgiu de repente.
A sogra com um sorriso
se transformou em serpente.
Jorge de Amorim Marques  (Rio de Janeiro, RJ)

Âmbito Estadual - Categoria Veterano – Tema: PEDESTAL (l/f)

1º lugar

Quem se põe num pedestal
para a todos ver de cima
pode cair, afinal,
antes de findar-se a rima...

Paulo Roberto de Oliveira Caruso (Niterói, RJ)

2º lugar

Quem, ao fim de uma árdua lida,
pôde sorrir triunfal,
já pavimentou, na vida,
o seu próprio pedestal.

Cléber Roberto de Oliveira (São João de Meriti, RJ)

3º lugar  
Com ardor amei... Foi mal.
É jugo que não prossegue.
Pus você num pedestal,
se não quis, vida que segue!

Rachel Santo Antônio (São Gonçalo, RJ)

4º lugar        
No  mundo, em que a prepotência   
lidera , sem piedade,
quem me dera   ver clemência
no pedestal da humildade.

Ariete Regina Fernandes Correia  - Rio de Janeiro

5º lugar        
No quadro do mundo inteiro,
Deus pintando a natureza
pôs o Rio de Janeiro
no pedestal da beleza.

Abílio Kac  - Rio de Janeiro

Âmbito Estadual - Categoria Veterano -  Tema TABU (Humor)

1º  lugar   
É casadinha a Manu,
mas o esposo a larga à toa;
sendo, para alguns, TABU,
ela, para mim, TÁ BOA!

Cléber Roberto de Oliveira  (São João de Meriti, RJ)

2º lugar  
Faz seu dever sem alento:
― O que é tabu? Não sei nada.
E o pai já bem sonolento:
― Tabu vem de tabuada.

Jessé Fernandes do Nascimento  (Angra dos Reis, RJ)

3º lugar
Sou velho, com liberdade
de viver o proibido.
É tabu, na minha idade,
solteirão virar marido.

Mariângela Tavares  (São Gonçalo, RJ)

Âmbito Nacional/Internacional - Categoria Novo Trovador -  Tema VIRTUAL (l/f)

1º  lugar  
Muitas vidas virtuais
não demonstram a verdade!
São sorrisos irreais,
buscando mais amizade
Júlio Augusto Gurgel Alves (Fortaleza, CE)

2º lugar  Gosto de olho no olho,
e virtual nem pensar.
Mas pus a barba de molho,
pra pandemia aguentar.

Therezinha Ignês C. Bueno (São Paulo, SP)

3º lugar  )
Pra você que se orienta
pelo mundo virtual,
saiba que nada o isenta
da dor da vida real.
 Luisa Garbazza (Bom Despacho, MG

Menções Honrosas (em ordem alfabética)

Em um mundo virtual
tudo parece bem feito.
Mas sabemos que o real
é verdadeiro e imperfeito.

Agnes Izumi Nagashima  (Londrina, PR)

Tão real e virtual
nessa tela conectada
metáfora de cristal...
Cilada sua risada?

Hedi Lamar Benício de Sousa (Itabuna, BA)

Viva a vida por inteiro,
vivendo um viver real.
Vivencie o verdadeiro,
veja além do virtual!

Maurício Maranhão da Fonte Filho (Recife, PE)

Em tempos de pandemia,
cuidado é fundamental.
Assim, dispense a ironia
sobre o ensino virtual.

Mônica Monnerat  (Santos, SP)

O poeta ama a palavra,
sonha com um mundo igual,
dissemina sua lavra
no universo virtual.

Sarah Passarella  (Campinas, SP)

Âmbito Nacional/Internacional -  Categoria Novo Trovador - Tema CANA (Humor)

1ºlugar  
A polícia decidiu
enquadrar o muquirana,
o coitado não previu
que roubar beijo dá cana
Sara Binatti dos Anjos (Porto Alegre, RS)

2º lugar  
Cana ― suave gramínea,
tão doce e límpido mel.
Jaz na corrente sanguínea,
com a minha alma no céu
Jorge Inácio Dotti  (Curitiba, PR)(Curitiba, PR)

3º lugar   
Entre nós, quem mais bebia
era o Maneco Santana.
No lugar que ele cuspia
brotavam dois pés de cana!
Lothar Antenor Bazanella  (São Paulo, SP)

Menções Honrosas, em ordem alfabética

Só bebo enquanto respiro
e quando há cana a beber,
por isso às vezes suspiro:
falta cana pra nascer!

Cléber Leandro Nardeli  (Iturama, MS)

Tenho amigo brasileiro
que toma caldo de cana
comprado com meu dinheiro
pela esposa que me engana.

Daniel Ferreira Jerónimo  (Quinta do Conde, Portugal)

Sou feliz, não guardo mágoa,
a tristeza não me engana,
pois dou nó em pingo d'água,
assobio chupando cana.

Maurício Maranhão da Fonte Filho (Recife, PE)

Âmbito Nacional/Internacional, categoria Veterano, tema CONTEÚDO (l/f)

1º lugar  
Aprendi, quando, na roça,
labutava todo dia:
faz mais barulho a carroça
sem conteúdo, vazia.

Fernando Antônio Belino  (Sete Lagoas, MG)

2º lugar

Contam pouco o sobretudo,
o vestido, o terno, a farda.
O que importa é o conteúdo
que na alma a gente guarda.

Antônio Augusto de Assis  (Maringá, PR)

3º lugar  
Tu foste, sim, o meu tudo,
tudo enquanto fui feliz!...
― Só, restou-me o conteúdo
da saudade que eu não quis!...

Marco Aurélio Goulart dos Santos (Itapecuru Mirim, MA)

Menções Honrosas (em ordem alfabética)

Ao fazer a sua história
em seu conteúdo admita
conceber como vitória
passar pela cruz bendita.

Cristina Cacossi  (Bragança Paulista, SP)

Imagens sem conteúdo,
e o “Youtuber” vira um astro,
deixando-me um senso agudo
de que o mundo está sem lastro.

Edweine Loureiro da Silva  (Saitama, Japão)

Quem pelo luxo é tomado,
sem ter presença de brio,
é feito um livro dourado
com o conteúdo vazio.

Francisco Gabriel Ribeiro(Natal, RN)

Com a trova não me acanho
porque nela digo tudo;
é pequena em seu tamanho,
mas gigante em conteúdo.

Jerson Lima da Brito (Porto Velho, RO)

Ao escolher não me apego
a sonhos sem conteúdo:
tudo o que exijo é o que entrego,
e, no amor, entrego tudo!

José Ouverney  (Pindamonhangaba, SP)

Conteúdo caprichado
um livro precisa ter;
só visual esmerado
nada acrescenta ao saber!

Leonilda Yvonneti Spina  (Londrina, PR)

Esse amor sem conteúdo,
que agora já não me apraz,
rasga o meu verso e, desnudo,
o poema se desfaz.

Maria Dulce de Lima Pessoa  (Tabira, PE)

Contra o mal fazer o bem,
é luta que a Deus compraz.
Das leis d’Ele é que provêm
os conteúdos da paz!!!

Maria Lúcia Daloce  (Bandeirantes, PR)

O estofo de nossa vida,
nosso conteúdo interno,
quando bom, só consolida
o aprimoramento eterno!

Myrthes Mazza Masiero  (São José dos Campos, SP)

"Para sempre hei de te amar!"
terá falso conteúdo
se usado para enganar
com palavras de veludo.

Vânia Figueiredo  (Sumaré, SP)

Âmbito Nacional/Internacional, categoria Veterano, tema BOLETO (h)

1º  lugar  
Fez um fogo com gravetos,
mas a comida não tinha...
então, juntou dez boletos
e fez sopa de letrinha.

Francisco Gabriel Ribeiro  (Natal, RN)

2º  lugar  
Dividiu em mil parcelas,
no boleto, as suas farras,
ganhou apelido "delas"
de: Zé-código-de-barras!

Luiz Moraes  (São José dos Campos, SP)

3º lugar

Não me julgue um perdedor
(minha atitude convence!)
sou boleto, meu senhor
e, boleto sempre vence.

Nélio Bessant  (Pindamonhangaba, SP)

Menções Honrosas (em ordem alfabética)

Dentre as demais alegrias,
em fevereiro percebo
que, por ter bem menos dias,
menos boletos recebo...

Antônio Colavite Filho  (Santos, SP)

Cobrador: ― vim receber
pois seu boleto venceu.
Devedor: ― pode abater,
pega lá que o ouro é seu!

Cezar Defilippo  (Astolfo Dutra, MG)

Quem é que não tem pecado?
Eu confesso que os cometo.
Penso que é castigo dado
sempre que chega um boleto.

Denivaldo Piaia  (Campinas, SP)

Pagar boleto bancário
é prova de resistência,
e na fila, o sedentário,
exercita... a paciência!

Dulcídio de Barros Moreira  (Juiz de Fora, MG)

Mais boletos? Deixa estar!
Ela pensa que me logra:
De longe dá pra notar:
todos em nome da sogra!

José Ouverney  (Pindamonhangaba, SP)

Meus boletos reunidos
lado a lado, em linha reta,
neste planeta, os vencidos,
dão uma volta completa!

Plácido Ferreira do Amaral Jr.  (Caicó, RN)

O Zé julgando-se esperto,
um boleto achou no ponto.
Correu na loto mais perto
e pagou pra ter desconto.

Romilton Faria  (Juiz de Fora, MG)

Rio de Janeiro, 10 de agosto de 2021

Paulo Tórtora - Presidente