JUPYRA VASCONCELLOS

JUPYRA VASCONCELLOS nasceu em Juiz de Fora, com residência em Belo Horizonte. Filha de Antonio Rodrigues de Oliveira e Eurides Dunstan de Oliveira, nasceu em um dia 10 de fevereiro, em plena véspera de carnaval.
Da peraltice em criança,
da canjica e do torresmo,
não há só uma lembrança:
é muita saudade mesmo!
Julguei que não te queria
e hoje, sem tua presença,
a saudade (que ironia!)
quer revogar a sentença.
A tela da natureza
nas fantasias do outono
expõe angústia e beleza
da folha que cai... sem dono.
Ela é tão suave e amena,
expressando amor profundo!
Mãe é a palavra pequena
de maior valor no mundo.
Vem o carteiro sorrindo.
(Ah... notícias afinal.)
Era a esperança mentindo,
trouxe apenas o jornal.
À distância ele escrevia.
Na noite, a lua, discreta,
com seu fulgor aplaudia
a mensagem do poeta.
Talvez um brinde à tristeza.
Nada mais resta, afinal;
jazem vazias na mesa
duas taças de cristal.
Fui rever minha cidade,
olhei a casa, a varanda,
e entrei com minha saudade
"para ver passar a banda"...

JUPYRA VASCONCELLOS